Crioterapia

em primeiro plano, mão com uma luva azul segurando um recipiente com nitrogênio líquido, em segundo plano, uma paciente mulher de pele clara realizando o procedimento na mão.

O que é Crioterapia?

A Crioterapia (também conhecida como Criocirurgia) é um tratamento dermatológico que faz uso de baixas temperaturas para fins terapêuticos. O nome é derivado da palavra grega kryos, que significa “frio”. Podem ser utilizados jatos em spray ou sondas resfriadas, com o uso de gelo seco ou nitrogênio líquido que, em contato com a pele, chega à temperatura negativa de -196ºC. O resfriamento rápido e intenso provoca alterações nas células e a destruição delas. Assim, é um método seguro, rápido e eficaz.

Para quais doenças é indicada?

Para tratamento de patologias, a técnica é utilizada em casos de verrugas, tumores benignos da pele, alguns tipos de cânceres de pele, lesões de acne inflamatória, granuloma anular e outras doenças.

Como a Crioterapia é realizada?

Aplica-se nas áreas específicas onde está presente a lesão. Quando ela se apresenta de forma maligna, é necessário um congelamento mais profundo, com duração de um a dois minutos. Já lesões benignas podem ser submetidas à Crioterapia apenas por alguns segundos. A Crioterapia é mais indicada para tumores menos agressivos, por ser um procedimento que não resulta em material que possa ser enviado à análise laboratorial e investigação de diagnóstico.

Cuidados após a realização

Após a realização do procedimento, são necessários alguns cuidados para evitar que ocorram avermelhamento, inchaço e formação de bolhas. Não se expor ao sol é um deles, bem como seguir o uso de produtos recomendados pelo médico dermatologista. Porém, na maior parte dos casos, o paciente apenas percebe o escurecimento da lesão e a formação de uma “casca” que cai em até um mês.

Diferenciais da Crioterapia

É uma ótima e segura opção para as pessoas que não podem se submeter à realização de cirurgias convencionais, como idosos com alterações clínicas, pacientes anticoagulados ou que utilizam marca-passo no coração. Porém, a Crioterapia é contraindicada a pacientes com feridas abertas, distúrbios na coagulação do sangue (plaquetas), psoríase e vitiligo.

O que você deseja para o seu corpo?

Na Clínica Dra. Ana Julia Gassen você encontra protocolos personalizados para as suas necessidades.

Open chat